terça-feira, 2 de junho, 2020
17 °c
Anapolis
22 ° Thu
22 ° Fri
22 ° Sat
22 ° Sun
Elias Hanna

Elias Hanna

Pátria sem chuteiras, pés descalços

Começou a Copa, mas onde está a tradicional empolgação dos brasileiros? Também a perguntar: onde estão os carros, as ruas enfeitadas, a vestimenta amarela, o sorriso no rosto? Desencantamos com o futebol? Nelson Rodrigues que cunhou a expressão ´Pátria de chuteiras´, dizia: ´Já descobrimos o...

A verdade derrotada

O pequeno anão temer, presidente do brasil, ao comentar a rejeição da denúncia pela Câmara, afirmou que ´a verdade venceu´, talvez esteja se referindo à verdade comprada por bilhões e bilhões de reais. O presidente anão parece viver no tempo da mentira universal. Mente, vive...

Insustentável, irritante apatia

Uma passada de olhos no Dicionário Aulete e encontro alguns significados para apatia; Estado de insensibilidade, de quem não é suscetível a nenhuma emoção; Indolência; falta absoluta de energia; Estado em que a alma se torna insensível às paixões e à dor. O momento político...

O cheiro de esgoto que não sentimos

Temer, sim, ele mesmo, Michel Temer, lembra a anedota do sujeito que vivia a reclamar do cheiro do quintal do vizinho, esquecendo-se que vivia em uma pocilga cercada de dejetos por todos os lados? A política brasileira transformou-se em um lodaçal chafurdado de excrementos sulfurosos...

Sobre a irracionalidade

Não sei quantas vezes mais invocarei Saramago, na vã tentativa de dar lustro aos meus escritos, verniz à minha dialética, erudição aos meus pensamentos. Nestes tempos, sombrios, tempos em que a razão e a falta desta coabitam o mesmo espaço, nada mais lírico que buscar...

A lanterna de Diógenes

Enfim a lista da Odebrecht: presidente; ex-presidente;, ministros; 1/3 do governo Temer; governadores; senadores, inclusive o Presidente do Senado; deputados, também o Presidente da Câmara; prefeitos; políticos de todos os matizes, de partidos tradicionais ou não, esquerda, centro, direita. É provável, ainda, que muitos outros...

O falso erudito e a misoginia

Michel Temer já tem muitos, inúmeros motivos para preocupar-se: a delação da Odebrecht; seu amigo José Yunes; seus ex-ministros e companheiros Gedel Vieira Lima, Henrique Alves e Romero Jucá; seu ex-aliado Eduardo Cunha; seus ainda ministros Moreira Franco e Eliseu Padilha; seus parceiros do PMDB....

Bloco na rua

Os tempos são difíceis, minha alegria não só não atravessou o mar, tampouco ancorou em qualquer passarela. Sei que não sou rei desta gente tão modesta, mas meu riso teima em chorar. Não são quatro dias que me farão esquecer os desmandos de Brasília. Como...

Governos líquidos

Esta foi mais uma daquelas semanas intensas com acontecimentos, os mais diversos, capazes de produzir um sem numero de crônicas. O discurso de Obama; a estupidez de Trump; as mortes de Mario Soares e Zygmunt Bauman; o desgoverno de Temer. Tentar ligar estes fatos é...

O pior (?) ano do resto de nossas vidas

Todo ano reserva conquistas pessoais, nascimento ou casamento de um filho (a), formaturas, compra de um bem, etc., etc., ou mesmo, algumas tragédias pessoais: separação, perda de um ente querido, etc., etc.. Esta singularidade, no entanto, fica no registro pessoal de cada pessoa. Na história,...

Sobre tragédias e negligência

Sim, somos todos Chape! Desde há muito nos cobrimos com o manto alviverde sagrado dos rincões catarinenses; sabemos de cor e salteado a história do time, suas conquistas e glórias; sabemos escalar o time do goleiro ao ponta esquerda. Sabemos tudo sobre futebol, aviões, plano...

Intolerância, até onde iremos?

Fazemos parte, claro, de uma sociedade multicultural e que, por isto, deveria ter padrões éticos minimamente aceitáveis na tentativa de visar uma convivência harmônica. Quais os elos que poderiam haver entre os fatos que agora lhes narro: a primeira dama dos Estados Unidos é chamada...

Assombração, ão, ão

A prisão de Cunha movimentou o cenário político nesta semana. Tardia, merecida, para uns, injusta, para outros. Mais que a prisão, o que assombra Brasília são as consequências da mesma. O governo, para parecer alheio ao fuzuê, busca mostrar força de articulação, e, para isto,...

Entre o medo do novo e o medo do velho

O resultado revelado pelas urnas em 02/10 tornou-se previsível no final, mas, poucos apostariam em um segundo turno entre João Gomes e Roberto do Órion no inicio da campanha. Roberto atropelou adversários já bastante conhecidos do eleitor anapolino; Pedro Canedo; Carlos Antonio, Jose de Lima...

Vereadores 2016- DataHanna

O DataHanna é o pior instituto de pesquisas do Brasil: não tem estatísticos, não usa pesquisa por amostragens, sejam elas qualitativas ou quantitativas. Ninguém o contrata, o que oferece a ele a vantagem de não emitir notas fiscais, e, consequentemente, não fazer caixa 2 de...

A morte fora de hora

À família de Rafael Teixeira e Silva Vasconcelos Ribeiro, meu ex-aluno, meu colega de profissão, apaixonado pela Anapolina, precocemente falecido Saibam meus leitores que lecionar enche-me de prazer. Alunos, já os tenho quase na casa do milhar. Dezenas deles, médicos formados. Aprendo muito com eles,...

Candidatos nas ruas

Eleições em Anápolis sempre foram muito complicadas de análise. Alguns institutos afirmam que as pesquisas em nossa cidade têm margens de erro acima daquelas que os estatísticos, ou matemáticos, consideram razoáveis. Os entrevistados em Anápolis parecem gostar de brincar com o entrevistador, afirmando votar em...

Complexo de Vira Latas

*livremente inspirado em Nelson Rodrigues Hoje faço do Brasil e dos brasileiros personagens da semana. As Olimpíadas, enfim, começam e o brasileiro vacila entre o pessimismo desenfreado e a desesperança obtusa. Nas esquinas, praças, bares, por toda a parte os brasileiros esbravejam ´- Não vai...

Lugar de cocô não é no parque

Tirei julho para voltar a fazer algo que detesto: andar, correr. Escolhi o Parque Ipiranga e para meu espanto, religiosamente, em todos os dias de julho, freqüentei aquele logradouro. Poderia aqui falar das belezas do lugar, de seus freqüentadores, crianças, jovens, idosos homens, mulheres ou...

Crônica de escárnio e maldizer

As crônicas do escárnio e do maldizer eram a maneira literário/satírica de os portugueses assombrarem os malfeitores. Aqui, como luva, encaixa-se em personagem, personagens de nosso cotidiano político. Ouso tecer alguns malescritos sobre um deles. Parecia rei, era rei, tinha o direito divino de governar,...

Tempus fugit

A expressão em latim é o contraste perfeito para definir o momento atual da política brasileira; contraste entre o tempo de quem não tem pressa e o tempo de quem só tem pressa; daquele que sabe viver a beleza de cada momento e daquele que...

A irracionalidade na política

Impressiona o grau de irracionalidade na discussão política atual. Aliás, se existe algo irracional é a discussão política. Impressionante a capacidade da política em suscitar discordâncias. Religião, futebol, ética também são passiveis de discordância, mas ouso dizer que no nosso momento atual, nada seja mais...

O outono de Dilma e a primavera de Cunha

Dilma e Cunha partilharam de espaços quase contíguos nos últimos cinco anos. Afinal, poucos passos separam a Câmara dos Deputados do Palácio do Planalto. Tão próximos fisicamente, tão distantes ideologicamente. Um não gosta do outro, o outro não gosta do um; não têm qualquer tipo...

O Brasil depois de 13/03

A crise política brasileira parece estar longe do fim. As manifestações previstas para o próximo domingo, por mais expressivas que sejam, não serão suficientes para apear a Presidente Dilma do cargo em período de tempo rápido. Colocam, no entanto, mais lenha na fogueira que chamusca...

Página 1 de 7 1 2 7

Seja bem-vindo(a)!

Entre em sua conta abaixo

Crie sua conta :)

Preencha o formulário para se registrar

*Ao se registrar em nosso site você aceita as nossas Políticas de Privacidade e Uso.

Recupere sua senha

Por favor insira seu Usuário ou Email para recuperar a sua senha